quarta-feira, 17 de outubro de 2007

O Meme da 161 também chegou aqui

Sim, o tal do meme da página 161 chegou aqui, via Marisa Toma, do Objetos de Desejo. Funciona assim. Quem recebe a convocação, tem que:

1ª) Pegar um livro próximo (PRÓXIMO, não procure);
2ª) Abrir na página 161;
3ª) Procurar a 5ª frase completa;
4ª) Postar essa frase em seu blog;
5ª) Não escolher a melhor frase nem o melhor livro;
6ª) Repassar para outros 5 blogs.

Bem, abri o e-mail no trabalho. Como todos sabem (todos! todos!), eu trabalho na revista Crescer, uma revista sobre bebês, gravidez, família... Então, um dos livros que está na minha mesa é: Understanding the mind of your bipolar child: the complete guide to the development, treatment, and parenting of children with bipolar disorder, de um tal Gregory T. Lombardo, M.D., Ph.D.. Ah, confessa que você ficou morrendo de vontade ler, confessa, confessa...

E, bem, a 5ª frase completa da página 161 é:

"Prior to this time, Charlotte had never abused substances, nor did any of her friends."

Bem, que posso dizer? EU acho transtornos mentais um tema realmente envolvente. TDAH, depressão, transtorno bipolar, transtorno de oposição e desafio, síndrome pós-encefalítica, anosognosia... Tenho estudado bastante o cérebro e a mente e endeusado cada vez mais o Oliver Sacks, o Steven Pinker e, minha nova descoberta, António Damásio. Mas entendo que a maioria da humanidade não concordaria comigo.

Pois bem, para o meme seguir seu caminho, mando para os seguintes amados:

- Desculpe a Poeira, do Ricardo Lombardi, a quem devo muitas cervejas;
- Diários da Bicicleta, da Silvana Tavano, colega de editora e autora de belos livros infantis;
- Cansada de Ser Gorda, da Malu Echeverria, ex-colega de revista;
- Exatoacidente, do Tony Monti, escritor e amigo;
- Blog do Fabrício Carpinejar, queridão e poeta.

E assim tudo vai passando... Passe também!

6 comentários:

Malu disse...

Eu já brinquei disso no Orkut, é muito divertido. Sai cada coisa... O livro que estava mais perto de mim desta vez era um do Pedrinho! :)

Jonas Lopes disse...

O livro mais perto de mim tem menos de 161 páginas :)

Jonas Lopes disse...

Anyway, o livro mais perto era "Carta a uma nação cristã", de Sam Harris.

O segundo mais perto é a edição comemorativa de Cidade de Deus. A frase:

"- Tava aqui pensando se tu vai fechar aquele samango mermo."

Ricardo Lombardi disse...

Você me deve cervejas? Bom, pode ser Quilmes? Norteña? As garrafas são maiores.

Sobre esse lance aí, eu só tenho edições velhas do almanaque abril aqui. O mais próximo é o de 97. Na página 161 tem um verbete sobre o barroco. A tal da quinta frase: "Durante o período, além da Igreja e dos governantes, a burguesia em ascensão patrocina os artistas"

Boazinha a burguesia.

ph disse...

O funcionamento do cérebro é mesmo um tema fascinante. O caso Phineas Gage, então, nem se fala. O cérebro ainda é o órgão menos conhecido do corpo humano. Mas as pesquisas são promissoras. O que mais me agrada são as possibilidades de interdisciplinaridade nestes estudos. Meu interesse particular é na teoria da decisão: neurociência, economia, psicologia...
Seu blog é bom.
ph

Felipe Lenhart disse...

A minha frase saiu de A cabra vadia (a prateleira do Nelson Rodrigues é a primeira aqui na frente do computador, por causa da tese da Jade, claro):

"Derrubou-se a Bastilha, decapitou-se Maria Antonieta e instalou-se o Terror".
:)